Na corda bamba das emoções

IMG_3712

 

Muitas vezes somos reféns de nossas emoções. Costumamos aceita-las melhor quando nos sentimos alegres ou apaixonados, mas quando a outra cara da moeda se mostra, não gostamos de ser tomados por desequilíbrios passageiros e assim mergulhar em estados de irritabilidade, nervosismo, impulsividade, agressividade, raiva ou frustração.

Para a Medicina Chinesa o Zang (órgão) que cuida do aplainamento das emoções é o Gan (Fígado). Regula a circulação do Qi (Energia), assegurando o fluxo suave do Qi por todo o organismo. Cuida também da regulação do sistema endócrino e dos hormônios, que indiretamente também jogam um papel importante no equilíbrio emocional.

A principal ação da acupuntura é regular as funções internas: equilibrar é a palavra chave. Diminui as alterações da homeostase que estão exageradamente hiperativas e aumenta quando existe deficiência, mediante a liberação de serotonina e dos peptídeos opióides (beta-endorfina, meta-encefalina, e dinorfina), entre outras substancias.

Nosso equilíbrio emocional depende então de um conjunto de fatores neuroendôcrinos, químicos, energéticos, mas principalmete da forma como interpretamos e reagimos as diversas situações do cotidiano. Conhecer a si mesmo, acessar o silêncio interno que nos conecta com a serenidade e a clareza, permite viver a vida de uma forma mais harmônica. Benefícios de fazer um tratamento integral onde acupuntura, moxabustão, massagem, alimentação e meditação se complementam harmonicamente.

– Ninesh – 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s