Expressão Genética muda com a Meditação

meditation

Com evidência crescente de que a meditação pode ter efeitos benéficos para a saúde, os cientistas têm procurado compreender como estas práticas afetam fisicamente o corpo.

Um novo estudo realizado por pesquisadores em Wisconsin, Espanha e França relata a primeira evidência de alterações moleculares específicas no corpo após um período de meditação “mindfulness” (atenção plena).

O estudo investigou os efeitos de um dia de prática intensiva de meditação em um grupo de meditadores experientes, em comparação com um grupo de indivíduos controle inexperientes que se engajaram em atividades tranquilas mas não-meditativas. Após oito horas de prática, os meditadores mostraram uma gama de diferenças genéticas e moleculares, incluindo alterações dos níveis de mecanismos genéticos de regulação e níveis reduzidos de genes pró-inflamatórios, que por sua vez se correlacionaram a uma recuperação física mais rápida a uma situação estressante.

Os autores observaram que as alterações acontecem em genes que são os atuais alvos de medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos.

Para ler o artigo original clique aqui

 – Ninesh – 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s